Frutos de Goiás MG

Paleta de maracujá com leite condensado

Ingredientes: Água, açúcar, polpa de maracujá, leite condensado, glucose e estabilizante: carboximetilcelulose sódica INS (466). Recheio: Leite condensado. ALÉRGICOS: CONTÉM DERIVADOS DE LEITE. CONTÉM LACTOSE. Não Contém Glúten.

Porção: 55 gramas QTD %VD(*)
Valor Energético
100 Kcal
8%
Carboidratos
10 g
4%
Proteínas
5.7 g
8%
Gorduras Totais
17 g
3%
Gorduras Saturadas
1 g
4%
Fibra alimentar
0.6 g
2%
Sódio
22 mg
2%
Porção: 100g (1 picolé) QTD %VD(*)
Valor Energético
130kcal=546kJ
7%
Carboidratos
18g
6%
Proteínas
2,8g
4%
Gorduras Totais
3,9g
7%
Gorduras Saturadas
3,6g
16%
Gorduras Trans
0g
**
Fibra Alimentar
0,5g
2%
Sódio
54mg
2%

*% Valores diários de referência com base em uma dieta de 2000kcal ou 840kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores, dependendo de suas necessidades energéticas. **VD não estabelecido

Temperatura ideal de conservação: -18ºC
Temperatura mínima de conservação: -14ºC
Uma vez descongelado, não congelar novamente

Fabricado e Distribuido por:
Frutos de Goiás Indústria e Com. de Sorvetes LTDA.
Rua C 198, Qd. 488 Lt. 06 nº 100 Jd. América – Goiânia-GO. CEP 74.270-040
CNPJ: 12.236.110/0001-36 / Insc. Est.: 10.475.213-0
Indústria Brasileira

Benefícios

Curiosidades do sabor

O nome maracujá é dado ao fruto e à planta de várias espécies do gênero Passiflora, referindo-se aos frutos, que quando abertos, apresentam a casca no formato de cuia, com sementes na polpa.
O maracujá é nativo do Brasil. Nesse sentido, seu nome é de origem tupi-guarani e significa “alimento que se toma de sorvo” ou “alimento em forma de cuia”. Bastante saboroso e diferenciado, esse fruto já vem pronto para consumo. Existem mais de 150 espécies nativas.
As primeiras menções ao maracujá foram feitas no século XVI, em que os portugueses o descrevem como uma planta exótica com múltiplas potencialidades alimentares, ornamentais e medicinais.
O maracujá é uma fruta de sabor suave e de baixa densidade energética, e conhecida por seu efeito calmante. Ele é fonte de vitaminas do complexo B, vitamina C, ferro, fósforo, potássio, magnésio, betacaroteno e antioxidantes.
A farinha produzida a partir da casca de maracujá apresenta alto teor de fibra alimentar, e pode ser utilizada no enriquecimento de pães, biscoitos, barras de cereais, entre outros. Inclusive, é considerada auxiliar no tratamento do diabetes e doenças do coração em função do predomínio de fibra solúvel.
Das sementes, é possível extrair óleo de alta qualidade com uso potencial tanto para indústria alimentícia quanto cosmética.
Por ser uma fruta muito versátil, do caule às sementes, tudo é aproveitado. Assim como as demais frutas, o maracujá é um alimento benéfico para a saúde e, quando associado a um padrão alimentar saudável, é uma excelente escolha.

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro das novidades!